Proposta Pedagógica

Nossa Proposta Pedagógica é baseada na atuação ativa dos alunos por meio de atividades que valorizam os processos de investigação, pesquisa e estudo para a construção do pensamento crítico e reflexivo, temos o aluno como centro de nosso processo de ensino, tornando-o protagonista de sua aprendizagem, nossos alunos experimentam situações que potencializam suas habilidades e ampliam o seu repertório cultural e social a respeito das diferentes áreas do conhecimento. Desenvolvemos as competências para aprender a aprender, a saber lidar com novas informações e a buscar resoluções para as diferentes demandas complexas vividas na realidade que os cerca. Neste movimento, nossos alunos formulam hipóteses, ativam conhecimentos prévios, lidam com a tecnologia digital para aprimorar respostas, planejam estratégias para resolver problemas, exploram conceitos, descobrem novos procedimentos de estudo, desenvolvem autonomia na tomada de decisão e assumem a responsabilidade sobre o próprio processo de aprendizagem.

Nossos professores atuam como mediadores, proporcionando diversas oportunidades para que os alunos desenvolvam competências e habilidades iniciais básicas para seu pleno desenvolvimento cognitivo, social e emocional, além de manter um estreito relacionamento com as famílias – ações fundamentais nesse processo educativo.

Desenvolvemos as habilidades de leitura, escrita e cálculo, a capacidade de raciocínio e de interação com o meio. Por meio de projetos e atividades instigantes e criativas, os alunos desta faixa etária têm suas competências individuais valorizadas e são estimulados durante o processo de ensino-aprendizagem.

Linguagens

Em Linguagens, os componentes curriculares tematizam diversas práticas, considerando especialmente aquelas relativas às culturas infantis tradicionais e contemporâneas. Neste conjunto de práticas, nos dois primeiros anos desse segmento, o processo de alfabetização é o foco da nossa ação pedagógica. Através da leitura e da escrita proporcionamos aos estudantes algo novo e surpreendente: ampliamos suas possibilidades na construção de conhecimentos nos diferentes componentes, por sua inserção na cultura letrada, e na participação com maior autonomia e protagonismo na vida social.

Matemática

Na Matemática, retomamos as vivências cotidianas das crianças com números, formas e espaço, e também com as experiências vivenciadas na Educação Infantil. Nessa fase, nossos alunos desenvolvem as habilidades matemáticas na aprendizagem dos algoritmos das chamadas “quatro operações”. No que diz respeito ao cálculo, acrescentamos, à realização dos algoritmos das operações, a habilidade de efetuar cálculos mentalmente, fazer estimativas, usar calculadora e procedimentos de cálculo.

Ciências da Natureza

Na área de Ciências da Natureza temos um compromisso com o desenvolvimento do letramento científico, que envolve a capacidade de compreender e interpretar o mundo natural, social e tecnológico, mas também de transformá-lo com base nos aportes teóricos e processuais das ciências. O objetivo é que a ciência não seja a finalidade do letramento, mas, sim, o desenvolvimento da capacidade de atuação no e sobre o mundo, importante ao exercício pleno da cidadania.

Ciências Humanas

Os procedimentos de investigação em Ciências Humanas devem contribuir para que os alunos desenvolvam a capacidade de observação de diferentes indivíduos, situações e objetos trazendo à tona dinâmicas sociais em razão de sua própria natureza tecnológica, morfológica e funcional. A Geografia e a História, ao longo dessa etapa, trabalham o reconhecimento do Eu e o sentimento de pertencimento dos alunos à vida da família e da comunidade. Valorizamos e problematizamos as vivências e experiências individuais e familiares trazidas pelos alunos, por meio do lúdico, de trocas, da escuta e de falas sensíveis, nos diversos ambientes educativos (bibliotecas, pátio, praças, parques, museus, arquivos, entre outros). Privilegiamos o trabalho de campo, as entrevistas, a observação, o desenvolvimento de análises e de argumentações, de modo a potencializar descobertas e estimular o pensamento criativo e crítico.

Programa Gênio das Finanças - Educação Financeira Comportamental

Através da parceria do CEI com o programa de educação financeira comportamental Gênio das Finanças, baseado em conceitos da Psicologia e da Economia, nossos alunos aprendem desde o Jardim III até o 9° ano de forma prática como superar armadilhas psicológicas relacionadas às finanças.

A aplicação do programa com os alunos tem como objetivo:

  • Resolver problemas e tomar decisões autônomas, baseadas na mudança de atitude;
  • Consumir e poupar de modo ético, consciente e responsável;
  • Planejar em curto, médio e longo prazo;
  • Desenvolver a cultura da prevenção;
  • Ter uma postura criativa e empreendedora;

Durante as aulas , os professores contribuem para a formação de cidadãos que saberão, desde cedo, a planejar, estipular metas, bem como assumir atitudes financeiras bem mais conscientes.